Monthly Archive: Dezembro, 2012

Ano Novo

por

Com votos de um próspero Ano Novo! NPS Anúncios

Pitos de Sta Luzia

por

Uma questão de visão! Os portugueses têm destas coisas. A lenda deste doce tem como base o pecado da gula. Uma rapariga vai para um convento para ver se deixa de ser gulosa… Continuar a ler

Barbear…

por

Era um lavatório antigo. Uma torneira pequena que dispensava de um mísero fluxo de água. Existia também um sabão já usado e minúsculo. A cerâmica branca apresentava à superfície vagas rachadelas como fios… Continuar a ler

Na 199ª Página…

por

Na revista A Página da Educação nº 199, datada de inverno 2012/2013, foram publicados dois textos nossos na rubrica que mantemos sobre saúde escolar: * Se os docentes me ensinam que devo ter… Continuar a ler

Partidas & Chegadas

por

Viagens… Malas prontas na sala de espera… Quanto tempo mais teremos de esperar para partir? Enquanto não partimos o que podemos fazer? Uns lêem, outros conversam, outros trabalham outros consultam o Fb ou… Continuar a ler

Recordar pelos gestos

por

A filha cresce, desenvolve-se… quer saber isto e aquilo… Temos de a acompanhar e ensiná-la… Algumas semanas atrás dei por mim a corrigir a dança hesitante dos seus dedos nas cordas de uma… Continuar a ler

As luzes de Natal

por

Com votos de Boas Festas 🙂 NPS

Pedido ao Pai Natal

por

A chegada do Pai Natal é sempre ansiosamente aguardada. É a ele que se pedem os brinquedos mais desejados. Neste momento o Daniel começa a expressar algumas dúvidas sobre o Pai Natal, embora,… Continuar a ler

“Sete Pedaços de Vento” de Cristina Branco

por

Para o Natal e a passagem do ano que se avizinha, para que haja esperança e quente no coração. Gosto imenso desta música… Parece que lava a alma… De qualquer modo é sempre,… Continuar a ler

Jesus Disco Sound

por

NPS

Guardião dos sonhos

por

O novo companheiro do meu filho mais novo é este boneco que não fala, mas comunica com imagens feitas de areia mágica. O filme “A Origem dos guardiões” marcou-o pelas memórias contidas nos… Continuar a ler

A menina do alto mar e a infância

por

«As provisões nasciam espontaneamente nos armários. E quando a menina ia buscar doce a um boião, ele permanecia intacto, como se as coisas tivessem sido assim um dia e assim devessem ficar eternamente.»… Continuar a ler

  • Escreva o seu endereço de e-mail para seguir este site e receber as notificações por e-mail.