A menina do alto mar e a infância

«As provisões nasciam espontaneamente nos armários. E quando a menina ia buscar doce a um boião, ele permanecia intacto, como se as coisas tivessem sido assim um dia e assim devessem ficar eternamente.»

Não foi sempre deste modo na nossa infância? Sublinhado obtido no livro A Menina do Alto Mar do escritor franco-uruguaio Jules Supervielle. A descobrir…

Anúncios