Olá, Amigos! / Saludos Amigos

Eis uma pequena resenha que escrevi em agosto de 2005 a propósito do filme Olá, Amigos! (1942), o qual foi financiado pelo Departamento de Estado norte-americano no âmbito da Política de Boa Vizinhança, criada pelo governo presidido por Franklin D. Roosevelt:

Realizado por Norman Ferguson, Wilfred Jackson, Jack Kinney, Hamilton Luske e Bill Roberts, a sexta longa-metragem da Disney (com  42 minutos), data de 1942 e foi nomeada para 3 Óscares.

Os segmentos de imagem real da equipa Disney a fazer turismo na América do Sul e a registar as suas impressões sob a forma de ilustrações, fotografias, pautas musicais e muitos souvenirs, alternam com quatro curtas-metragens de animação. No Lago Titicaca, o Donald mede forças com um teimoso lama. A seguinte animação conta as aventuras de Pedro, um pequeno avião, na cordilheira dos Andes. Um Pateta sob a forma de cowboy do Texas é transformado num gaúcho argentino. E, em Aguarela do Brasil, o Zé Carioca (sim, trata-se da primeira aparição do famoso papagaio) mostra o Rio de Janeiro ao Donald.

O DVD dispõe de um documentário relativamente longo intitulado “Ao Sul da Fronteira com Disney”, que relata as experiências vividas por Walt Disney e alguns artistas do seu estúdio nesta viagem.

Se Disney procurava inspiração para os seus filmes e expor os norte-americanos à cultura dos países da América Latina, a verdade é que esta película hoje se transformou num testemunho com flashes das vivências daquela época nos países visitados, não só presentes no filme, mas principalmente no documentário extra que o acompanha. E o seu valor está sobretudo na quase ausência de subjetividade que uma produção norte-americana poderia imprimir.

Fica também registada a importância da composição musical na animação de outrora, tendo Disney convidado para a sua excursão músicos, que estudaram em primeira mão as melodias folclóricas.

Quanto às quatro curtas, julgo que serão do agrado de todos. O meu destaque vai para a Aguarela do Brasil, não só pela importância histórica da criação do Zé, mas pela fusão da música com a imagem.

NPS

Anúncios