Fascínio pelos piratas?

Numa brincadeira no recreio da escola, o meu filho de 6 anos fez um pequeno ferimento no lábio, devido a um colega lhe ter atirado uma pedrita. Lá tive de cumprir a minha função de pai e ter uma conversa séria com ele sobre que brincadeiras são ou não apropriadas. O diálogo correu relativamente bem, estando eu agradado com o rumo que o mesmo tomou e as respostas que me foi dando. Para finalizar, tentei que ele entendesse como poderia ser grave para a sua saúde este tipo de brincadeiras e perguntei:

– O que pensas que teria acontecido se a pedra te tivesse acertado num olho e to ferisse?

Resposta pronta e completamente despreocupada:

– Passava a usar uma pala!

NPS

Anúncios