Adrian Mole’s Royal Wedding

Acredito que vários dos nossos leitores se recordem de Adrian Mole. Se não leram os livros de Sue Townsend, têm conhecimento da sua existência, e podem até ter visto a série televisiva na RTP. No entanto, quem lhe perdeu o rasto, pode não saber que a personagem também foi crescendo e que a leitura da série deixou de ter como alvo (apenas) o público juvenil, para se concentrar no adulto e se transformar num importante registo da zeitgest do Reino Unido entre 1981 e o presente.

O ano passado, li muitos livros infantojuvenis que se apresentavam como supostos diários. E, a certa altura, lembrei-me que era imperativo ler finalmente a saga de Adrian Mole, inspiradora de muitos autores que abraçaram o género. Felizmente, a esposa tinha alguns livros. Os outros foram dificilmente conseguidos, dado a Difel ter falido e nenhuma editora os ter republicado. Ou seja, neste momento, é mais simples comprar a série de livros no original do que na nossa língua.

No entanto, mesmo que consigam adquirir os livros em português, os que, neste momento, desejem ter a obra completa terão que:
a) adquirir em inglês os últimos livros, não traduzidos;
b) adquirir uma das colectâneas britânicas, The Lost Years ou From Minor to Major, únicos volumes onde foi publicado “Small Amphibians”;
c) procurar na internet “Mole Cooks his Goose” (atualmente, disponível aqui), jamais publicado em livro.

Tudo isto realizei na altura, de modo a ler cronologicamente a vida de Mole. Com humor q.b., Townsend tem um olhar crítico sobre o mundo em geral, com grande ênfase à política do Reino Unido.

A propósito do casamento real que ocorreu este ano, Sue Townsend escreveu mais um especial, intitulado Adrian Mole’s Royal Wedding, que provavelmente não será publicado em livro. Ou seja, mais uma dor de cabeça para os que desejam possuir o Mole integral. Mas nada temam. De modo a poderem desfrutá-lo, disponibilizamo-lo aqui.

NPS

Anúncios