Passengers by Rodrigo Garcia

Quando entrei na universidade e participei na minha primeira e única garraiada sucedeu-me um episódio que gostaria de partilhar convosco. Um estudante mais velho convidou-me – insistentemente – para que participasse numa pega de caras. Estava eu já no meio da arena e subitamente as coisas em redor de mim pararam, como se estivesse a ter mais consciência do que no quotidiano. De seguida, o mundo voltou à velocidade normal.

Mas o que é que este episódio tem que ver com o filme Passengers de Rodrigo Garcia? A ação desenrola-se em torno dos sobreviventes de um acidente de aviação. Uma psiquiatra, a personagem principal, tenta apoiar um grupo de pessoas vítimas de stress pós-traumático. Aos poucos, observam-se sintomatologias associadas a este quadro, ao mesmo tempo que episódios enigmáticos intrigam o espetador.

O desenlace é surpreendente, transforma a narração numa outra história através de um estado de alerta de consciência próximo – mas muito mais extremo – daquele que aconteceu comigo na garraiada… como? Isso só vendo o filme… vale mesmo a pena.

Anúncios