A Scene At The Sea

Um dos filmes que destaco, entre os que fui assistindo neste verão, é Um Lugar à Beira-Mar (1991) de Takeshi Kitano. Trata-se de uma história de um surdo-mudo que trabalha na recolha de lixo. Encontra um dia uma prancha de surf que acaba por fazer com que se interesse pela atividade. É acompanhado pela sua namorada, também surda-muda, que vai assistindo à sua progressão e a idas a competições locais.

Através de um ritmo narrativo lento que sublinha os grandes espaços e a sua contemplação, remete também para a dimensão de que o casal é excluído: o som do mar e todos os outros sons que percutem de modo diferente no interior de um cenário marítimo.

A banda sonora de Joe Hisaishi agradou-me particularmente não só em termos estéticos como narrativos, acompanhando os gestos e as emoções dos protagonistas. Assim, ilustrando, temos os gestos de cuidar feminino sempre com o mesmo fundo musical.

Oiça aqui uma peça do compositor.

Anúncios