Filmes juninos

Das fitas que vi em junho – excetuando as das crianças -, o destaque vai para quatro bons filmes. Dois são passados em Espanha. Um deles é, aliás, de Pedro Almodóvar, mais concretamente a sua película de 2009, Abraços Desfeitos. Qual o processo pelo qual alguém anula o eu para se refugiar no seu pseudónimo? Como sobrevive um realizador quando cega? Como abraçar a vida quando a nossa amada é morta? Eis algumas das questões deste filme singular.

A outra obra filmada no país vizinho foi realizada em 2010 pelo norte-americano Emilio Estevez, contando com o seu pai, Martin Sheen, como protagonista. Refiro-me a O Caminho. Que rumo tomar quando se é informado que o nosso filho faleceu a trilhar o Caminho de Santiago? Tom decide realizar o percurso com as cinzas do filho, numa demanda pessoal. Mas a vida tem destas coisas… nem sempre conseguimos a solidão de que achamos precisar numa viagem onde o importante não é o destino.

O filme seguinte vê a sua ação passada na China, mais propriamente em Nanquim, durante o crime de guerra de assassínios em massa que a cidade sofreu em 1937 durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa. O filme John Rabe – O Negociador é uma dramatização da vida deste homem de negócios alemão, realizada por Florian Gallenberger em 2010. O que fazer quando os nossos valores entram em conflito com os da nossa nação?

Dos quatro filmes, houve um que se destacou: Blue Valentine – Só Tu e Eu, realizado em 2010 por Derek Cianfrance. É um retrato de um jovem casal norte-americano, onde momentos da sua relação atual de desencanto e discórdia se intercalam com aqueles em que se conhecem a apaixonam. Um filme honesto, com excelentes interpretações, que não deixa ninguém indiferente…

Sem o destaque dos anteriores, foram interessantes, de uma forma ou de outra:
– Black Dynamite (Scott Sanders, 2009)
– Canibal! O Musical (Trey Parker, 1993)
– Diários de Che Guevara (Walter Salles, 2004)
– Dias Perigosos: Nos Bastidores de Blade Runner (Charles de Lauzirika, 2007)

Já, por outro lado, não gostei de:
– Rudo e Cursi (Carlos Cuarón, 2008)

NPS

Anúncios