Rever Marjane

Salam!, proferiu. Salam, fui respondendo automaticamente até me aperceber quem me cumprimentava. Ah, estás bastante mais crescida! Onde está a menina de 10 anos que eu conheci na Polvo? Foste para a Áustria. A sério? Regressaste ao Irão? Não sabia. Por fim, em França? Sim, isso já me tinha apercebido. O filme? Não, não vi. E agora integral? Sim, senhor… Na Contraponto? Isso é uma chancela da Bertrand, certo?

Quase 10 anos depois da edição nacional do primeiro número, a novela gráfica Persépolis é novamente publicada em Portugal, reunindo pela primeira vez os 4 volumes. Trata-se de uma obra essencial na bedeteca de qualquer bedéfilo que se preze. Esta biografia de Marjane Satrapi inicia-se com a Revolução Iraniana e termina um quarto de século depois, aquando da partida de Marjane para França. Deste modo, além de assistirmos em primeira fila à Guerra Irão-Iraque e à constituição de uma república islâmica, presenciamos também o processo de desenvolvimento psicológico, político, moral, estético e também físico da autora, neste vero bildunsroman.

Imprescindível.

NPS

Anúncios