Afinal… spin-off merecido!

Sou daquelas pessoas que gostou do 1º filme do Shrek e foi gostando menos à medida que os seguintes 3 filmes se sucederam, culpa dos argumentos e não da inegável melhoria técnica que a tetralogia foi sofrendo.

Como tal, estava cético quanto a um filme em que uma das suas personagens secundárias se torna o protagonista. No entanto, depois de ver o Gato das Botas de Chris Miller, o realizador do 3º Shrek, tenho de confessar que gostei do filme e parabernizar a Dreamworks pela ousadia.

Não, não vai ser o filme da sua vida 🙂 Mas é fluído e as crianças também desfrutam!

NPS

Anúncios